Sem Compromisso


Disco Moacyr Luz
  • Disco
  • Ano
  • Gravadora
  • Release
  • Moacyr Luz e Armando Marçal - Sem Compromisso
  • 2007
  • Deck Disc
  • Dois reconhecidos músicos cariocas, respeitados no segmento MPB, Moacyr Luz e o percussionista Armando Marçal fazem no CD “Sem Compromisso” uma grande homenagem ao Mestre Marçal, pai de Armando, e um dos mais respeitados mestres de baterias do Rio de Janeiro, já tendo comandado a ala nas escolas de samba Portela e Unidos da Tijuca. Moacyr e Marçalzinho, como são conhecidos, apresentaram o conteúdo deste CD em shows disputados no Rio de Janeiro durante o ano de 2006. O repertório é formado por pérolas da MPB, algumas compostas pelo Mestre Marçal, Moacyr Luz e seus parceiros.


  • A música “Quem Mandou” foi regravada pela cantora OLÍVIA HIME


01 | A Primeira Vez

Bide / Marçal

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A primeira vez que te encontrei
Alimentei a ilusão de ser feliz
Eu era triste, sorri
Peguei no pinho e cantei
Muitos versos eu fiz
Em meu peito guardei
Um dia você partiu
Meu pinho emudeceu
E a minha voz
Na garganta morreu.

Procuro esquecer a dor
não sou capaz
Meu violão não toca mais
Eu vivo triste, a meditar
Não canto mais
Meu consolo é chorar

A primeira vez que te encontrei
Alimentei a ilusão de ser feliz
Eu era triste, sorri
Peguei no pino e cantei
Muitos versos eu fiz
Em meu peito guardei
Um dia você partiu
Meu pinho emudeceu
E a minha voz
Na garganta morreu

02 | Contentamento

Mauro Duarte / Paulo César Pinheiro

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Meu contentamento não tem fim
Tomara Deus
Que isso venha a perdurar sempre assim
E por isso agora eu vou viver cantando
Porque chorando secou quase todo o meu pranto
Eu sei bem que mereço
Mas não esperava tanto

Como eu já sofri bastante
Posso erguer as mãos pro céu
Pra pedir também pelos que sofrem nesse instante
Que Deus
Olhe mais pelos seus
Dê tudo o que me deu
Que é por isso que o meu contentamento não tem fim…

03 | Agora é Cinza

Bide / Marçal

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Você partiu
Saudades me deixou, eu chorei
O nosso amor foi uma chama
Que o sopro do passado desfaz
Agora é cinza
Tudo acabado e nada mais

Você partiu de madrugada
E não me disse nada
Isso não se faz
Me deixou cheio de saudade
E de paixão
Não me conformo
Com a sua ingratidão
Agora desfeito nosso amor
eu vou chorar de dor
não posso esquecer
vou viver distante dos teus olhos
Oh, querida!
nem me deu um adeus por despedida

04 | Barão das Cabrochas

Bide / Marçal

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Controla a escola
O surdo do bola
Lá em cima o rei pequeno sou eu
Barão das cabrochas
Luminoso cartaz
Se eu não estiver na escola nada se faz

No dia em que faltei
Tudo correu tão mal
Então ficou provado
Que eu sou mesmo o tal
Entreguei o comando ao José
Nesse dia ninguém ensaiou
Porque o José no comando fracassou

05 | Rainha Negra

Moacyr Luz / Aldir Blanc

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A idade da sereia
O baticum de pé no chão.
Chuá de cachoeira…
O mito, o rito ritiman a respiração
Tantã e atabaque,
A gargalhada do ganzá
O canto de trabalho,
A dança, ânsia sagrada de rememorar
O escuro do negreiro
O açoite pardo do feitor
E um clarão enganador
A liberdade sonhada ainda não chegou
Saúdo os deuses negros
Da serra-mat céu de Quelé
Pro povo brasileiro
Rainha Negra da voz, mãe de todos nós

06 | Leviana

Zé Keti

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O azar é seu
Em vir me procurar
Me abandona, me deixa
Eu não quero mais ver a luz do teu olhar
Você manchou o lar que era feliz
E agora quer voltar

Leviana
Sinto muito mas tratar de tua vida
Precisando eu posso te dar uma guarida
Mas o meu lar sente vergonha como eu
O nosso amor morreu

07 | Mandingueiro

Moacyr Luz / Aldir Blanc

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Num samba assim mandingueiro
é que eu divido bem o tempero
e é bom dosar o ingrediente:
um dente, sal menos louro,
eu não entrego o ouro e é olé
no gringo

Brincar com eu brinco
é armar um rolo,
aí meto o couro pra valorizar
o que é brasileiro
porque só quem gira a pé no morro
sabe o que eu corro por aí
pra essa peteca não cair

Canto qualquer parada
mando: não tem errada
porque só quem gira a pé no morro
sabe o que eu corro por aí
pra essa peteca não cair

Meu samba não vai cascatear,
eu digo então tá e dou o plá!
Quer ver esse molho desandar?
Põe muito louro e blá-blá-blá…

08 | Não Diga a Ela Minha Residência

Bide / Marçal

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Pelo amor de Deus
Não diga a ela minha residência
Eu quero até que ela ignore minha existência
Se você é amigo meu
Não diga aonde eu moro pelo amor de Deus

Olha, eu peço um favor se a encontrar
O meu endereço não revelar
Ela tem prazer em ver
Os sofrimentos meus
Não diga aonde eu moro
Pelo amor de Deus

09 | Que Batuque é Esse?

Sereno / Moacyr Luz

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Eu falei pra você que o batuque é esse
No fundo do meu quintal
Eu falei pra você que o batuque é esse
No fundo do meu quintal

Andei a pé na Bahia
Mareei no Maranhão
Benzi filho de Maria
Fiz fogueira em São joão
Depois num samba de Roda
Alguem fez recordação
Se o batuque tá na moda
Começou na minha mão
Eu falei pra você…

Ouvi de Jesus Menino
Que folia era de Reis
São Jorge desceu Quintino
E pediu a sua vez
Quando a vida de acomoda eu me lembro do dragão
Se o Batuque está na moda
Começou na minha mão
Eu falei pra você…

Por volta do meio-dia
Troquei pele do pandeiro
Conselho da minha tia
Cuida bem do teu terreiro
Ve se tem roupa na corda
Deixa o céu tocar no chão
Se o batuque está na moda
Começou na minha mão

10 | Quem Mandou?

Moacyr Luz / Hermínio Belo de Carvalho

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Quase às tontas, que nem foragido
Que escapasse de uma prisão,
Meu coração bandoleiro, ele age
Como um carro na contramão :
Mercenário, ladrão, arruaceiro
Atropela, caminha ao revés
Sem enxergar-se culpado, ele mesmo,
Das algemas que pôs nos seus pés.
Trapaceiro, se esmerou nos mal-feitos
Rastejou, sem pudor, feito um cão
Farejando as sobras de afeto
Que atiraram ao rés do seu chão.
Vive agora fingindo e fugindo
De fantasmas que às sombras criou.
Quem mandou se humilhar tanto assim –
coração, quem mandou?

11 | Zuela de Oxum

Moacyr Luz / Martinho da Vila

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Me veio a mente um som
Não identifiquei
Não
Peguei meu violão
E comecei a dedilhar
Então eu me toquei
Que o som, canção tão bela
Lembrava uma zuela
Que alguém vivia a zuelar
Parei de dedilhar
Pois minhas mãos tremeram, ai
Ah,
Difícil confessar
Promessas não poder pagar

Então eu me curvei
Bati cabeça a Oxalá
Praquela que se foi
Jurei jamais a alguém amar
E tenho um novo amor
Que é uma filha de oba
E aquela canção
Era zuela de Oxum
Oiá, iêiê, ieô
Me valha o meu pai Olurum
O que quer eu vou fazer?
Pedi maleime aos Orixás
Iemanjá
Ogum, pai Xangô, Inhansã
Orunmilá
Oxossi, Nana e Xapanã

12 | Sem Compromisso

Geraldo Pereira / Nelson Trindade

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Você só dança com ele
E diz que é sem compromisso
É bom acabar com isso
Não sou nenhum pai-joão
Quem trouxe você fui eu
Não faça papel de louca
Pra não haver bate-boca dentro do salão

Quando toca um samba
E eu lhe tiro pra dançar
Você me diz: não, eu agora tenho par
E sai dançando com ele, alegre e feliz
Quando pára o samba
Bate palma e pede bis

Voz e Violão: Moacyr Luz
Percussão: Armando Marçal

Direção Artística: João Augusto
Gravado e Mixado por Marcos Sabóia no Estúdio Tambor (RJ)
Assistente de Gravação e Mixagem: Fábio Roberto
Masterizado por Carlos Freitas no Classic Master (SP)
Projeto Gráfico: Valsa Design
Designers: Juan Gonzélez e Fabiana Pichulate
Fotos: Andrea Capella no Bar Trapiche Gamboa e Bar Gracioso


carreira solo e projetos