Dois Lugares


  • Disco
  • Ano
  • Gravadora
  • Música
  • Francesca Ajmar - Dois Lugares
  • 2014
  • FMC Phonograph
  • Malícia
    Ah, Yolanda
    Circular
    Espelho D’água
    Ilha das Cobras
    Arpoador
    Um Raro Explendor


01 | Malicia

Moacyr Luz / Rogério Batalha
Intérprete: Francesca Ajmar

Me tenha como um vício
Aceite os meus de bom grado
Que o seu coração palpite, mire
dispare sobressaltos.
Não quero nem saber
da meia água dos seus fados
Quero o teu choro, depois o riso
Malícia de asfalto
E enquanto isso
Vou te mostrando
(desde o início)
Meu jeito hábil.

02 | Ah, Yolanda

Moacyr Luz / Carlos Di Jaguarão
Intérprete: Francesca Ajmar

Yolanda,
sem contar
segredos,
naus a
carregar,
me perdi
de vista,
fui buscar
cardumes,
em cousas,
d’além mar.

Yolanda
ao navegar,
madeira,
açores,
cravei punhal
de prata,
cortei
sobremaneira
sutil maneira
em meus
ardores.

Yolanda,
já orei
à Anastácia
prá chover
cacau,
desterrar
meu canto
do tanto
que
encontrei.

Yolanda,
a pá de cal
do vento
cessou
de neblinar
faz tempo
porém,
cá dentro
resiste
em Banto
a enfeitar
meu pranto
em forma
de oração,
Ah, Yolanda…

03 | Circular

Moacyr Luz
Intérpretes: Francesca Ajmar e Moacyr Luz

Carioca
da gema
a pé, da boca do mato
na vila da penha
bicão e sumidouro
travessa do sereno, sal
no sentai atras da central

Tem linha
amarela
na mão que desce a Maré
do largo da Cancela
No Mangue, no Tanque
no charme em madureira
Estação Primeira

Engenho da Rainha
É do Imperio Serrano
Abolição sobe a Rocinha
Coroa do Turano

São ruas
palmeiras
passagens
trincheiras
Pilares sobre a Lapa

E um samba
segunda
praiana
macumba
até, boa viagem
É Vila,
Estácio
Arranco do Engenho de Dentro
falei: deixa falar

É Glôria
morena
carioca da gema
me diz é se é pra parar

Colégio
Pavuna
beirando Inhaúma
Vaz Lobo no Sapê
A vida maluca
Tijuca, me escuta
não esqueci você…

05 | Espelho d’água

Moacyr Luz / Roberto Didio
Intérprete: Francesca Ajmar

Todos os dias só queria se enfeitar
nas águas espelhadas do ribeirão
enquanto o sol surgia, vi Maria margear
com uma flor amarela na mão
se ajoelhava pra de perto olhar
mexia nos cabelos e sorria,
sorria de se admirar.

Bonita pra esperar o seu amor
que foi buscar timbô e não voltou
num fim de primavera
Maria dessa espera se cansou
olhou de um jeito frio pro ribeirão
com o peso da mágoa
a lágrima primeira despencou
quebrando de uma vez o espelho d’água.

06 | Ilha das Cobras

Moacyr Luz / Carlos Di Jaguarão
Intérprete: Francesca Ajmar

Ilha das Cobras, meu nego
de insular castigo degredo
É teu veio nagô
São José arremedo mandô

Os cabras, as cobras, insensatas, vaza baía
na chibata, sangrado coração.

Aí meu nego, tem mandinga não
Aí meu nego, tua cela é libertação

08 | Arpoador

Moacyr Luz / Roberto Didio
Intérpretes: Francesca Ajmar e Moacyr Luz

Arpoador
Fotografia na sala do compositor
Pintura de cinema
Beijou Ipanema
Tela que a novela roubou
Arpoador
Não abro mão do suburbano valor
Mas confesso chorei
Quando me apaixonei
Namorando nos teus areais
E toda ilusão é espuma de arrebentação:
simplesmente desfaz
Arpoador
A ponta de uma estrela que a gente contou
Partiu o colar que a morena ganhou
No mar relampejou
O tridente de Netuno atravessou
O peito de quem me machucou
Arpoador
Quando a desilusão vai se pôr
E faz do astro um rei sem valor
Se apaga outro verão, meu amor
Nesse meu coração sem calor

11 | Um Raro Esplendor

Moacyr Luz / Sereno
Intérpretes: Francesca Ajmar e Moacyr Luz

É vida cigana, ó ó
distante do mundo
desanimador
bouquet sem a rosa, sem flor
nem verso, nem prosa
nem branco, nem cor

A vida é mais
é muito mais
que o dia-a-dia, embriagador
É felicidade
um raro esplendor

É muito mais
virar do avesso
até nascer da escuridão
a luz de alma gémea
pro teu coração

A vida é mais
É muito mais
É a bailarina no salão
É delicadeza
consideração
É muito mais
a majestosa natureza
dando a mão
a luz de alma gémea
pro teu coração

eu vou mudar de calçada
quem sabe do nada
esbarro no sol que escureci
a luz de alma gémea
pro meu coração

nossa senhora das águas
serena essa mágoa
não vale lembrar o que sofri
a felicidade
É um raro esplendor

Vou me livrar da tristeza
com toda certeza
um verso roubado na emoção
É luz de alma gêmea
pro meu coração


participações